O Google penaliza o conteúdo de IA? Sim. Veja por quê

O Google penaliza ou não o conteúdo de IA? Alguns dizem que sim, outros dizem que não? Mas o que o Google diz?

Considerando que 88% de comerciantes acreditam que sua organização deve aumentar o uso da automação e da IA para atender às expectativas dos clientes e permanecer competitiva, é importante saber se o Google pune ou não o conteúdo gerado por IA.

Principais conclusões

  • O Google usa sistemas especiais para encontrar conteúdo de baixa qualidade feitas por IA.
  • A IA pode ajudar a criar mais conteúdo, mas ele não deve parecer ou parecer gerado automaticamente.
  • Se você quiser evitar penalidades do Google, certifique-se sempre de que seu conteúdo assistido por IA seja escrito de forma humana.

O Google penaliza o conteúdo de IA: Verdadeiro ou falso?

google-penalizes-ai-content-7200239

Isso inclui conteúdo com palavras-chave irrelevantes, traduções mal automatizadas, gerações de IA ou paráfrases de baixa qualidade e material proveniente de raspagem sem agregar valor significativo.

Basicamente, se o seu conteúdo parecer que foi "gerado automaticamente", aos olhos do Google, ele será penalizado. Esses insights vêm diretamente da documentação da política de spam do Google, que pode ser visualizado aqui.

Penalidades de conteúdo de IA de acordo com o Google

Tipo de conteúdo gerado por IAO Google penaliza?Motivos da penalização
Texto com palavras-chave irrelevantesSimNão faz sentido para o leitor, mas contém palavras-chave de pesquisa
Texto traduzido por máquina sem revisão humanaSimTradução automatizada sem curadoria humana
Conteúdo automatizado de baixa qualidadeSimGerado sem levar em conta a qualidade ou a experiência do usuário
Conteúdo que utiliza técnicas de sinonímia/parafraseamentoSimUsa sinônimos, paráfrases ou ofuscação automatizados
Conteúdo de feeds de raspagem/resultados de pesquisaSimGerado a partir de raspagem de outras fontes sem agregar valor
Conteúdo combinado de várias fontesSimCombinação de conteúdo sem agregar valor suficiente

Como evitar ser penalizado por usar IA

Embora o Google mantenha muitos de seus segredos comerciais em segredo. É justo supor que eles estejam usando alguma forma de Detecção de IA em seu algoritmo para identificar conteúdo com spam. Mas esses sistemas também podem identificar erroneamente.

Se você estiver usando IA para gerar publicações em blogs ou sites, copie uma das melhores maneiras de evitar ser sinalizado é usar um texto de IA humanizado, como o Undetectable AI

Diferentemente dos parafraseadores padrão, IA indetectável remove marcas d'água de texto, bem como vetores de IA que os algoritmos de detecção procuram, daí a diferença entre humanizar ou parafrasear, mas falaremos mais sobre isso daqui a pouco. Primeiro, vamos detalhar algumas coisas.

Entendendo o conteúdo gerado por IA

O conteúdo assistido por IA está simplificando significativamente o processo de criação de texto on-line. Em vez de escritores humanos elaborarem meticulosamente cada frase, as ferramentas de software agora estão equipadas para gerar material escrito significativo e coerente.

Desde a realização de pesquisas abrangentes até a formulação de peças bem articuladas, As ferramentas de redação de IA são projetadas para proporcionar eficiência e qualidade.

Embora essa tecnologia possa parecer intimidadora ou impessoal, você precisa saber que a inteligência artificial não substitui totalmente a necessidade de seres humanos. Na verdade, essas ferramentas avançadas complementam nossos recursos existentes, aliviando tarefas rotineiras, como a geração de rascunhos ou o brainstorming de ideias.

Posteriormente, os profissionais e editores de SEO entram em ação para garantir que todos os resultados atendam às diretrizes do Google e mantenham uma aparência humana autêntica, facilitando a carga de trabalho sem comprometer os padrões.

O Google pode detectar conteúdo de IA?

O Google usa algoritmos avançados para analisar o conteúdo da Web, inclusive aqueles gerados pela Inteligência Artificial. O gigante dos mecanismos de busca usa técnicas de Processamento de Linguagem Natural (NLP), um subconjunto da própria IA, para decifrar padrões no uso da linguagem e determinar a provável fonte de geração de conteúdo.

É esse sistema que pode identificar potencialmente o conteúdo produzido por meio de IA.

De acordo com o detector de IA Originalidade.aiNa análise de conteúdo, houve uma alta correlação entre o conteúdo identificado como conteúdo de IA supostamente com desempenho pior no Google.

Embora o Google tenha métodos de detecção sofisticados, ele não é um sistema infalível. Os avanços tecnológicos no campo da IA levaram a alguns desenvolvimentos impressionantes. Mas se você tem se perguntado "O Google penaliza o conteúdo de IA?", agora você sabe a resposta.

Conteúdo parafraseado versus conteúdo humanizado

Os modelos mais potentes da atualidade, como IA indetectávelO sistema de detecção de vírus, o "CW", pode gerar textos com muitas nuances e de aparência humana que podem distorcer os resultados dessas ferramentas de detecção.

Embora os parafraseadores, como o QuillBot, tenham sido usados historicamente para distorcer o conteúdo, o Google definiu que essas práticas são motivo de sinalização e penalização.

O que torna um Humanizador de texto com IA A diferença é que, além da paráfrase, ela incorpora estilos humanos de escrita, que dificilmente serão detectados e, portanto, protegem o conteúdo que você publica.

Diretrizes do Google sobre conteúdo de IA

O conteúdo gerado automaticamente se enquadra nas diretrizes da política de spam do Google mencionadas anteriormente; abaixo está uma captura de tela do documento direto do Google:

Impacto do conteúdo de IA no SEO

O Google também definiu outras diretrizes explícitas sobre o conteúdo de IA que podem afetar o SEO

  1. Diretrizes do índice de qualidade do Google basear as avaliações em E-A-T (Expertise, Authoritativeness, Trustworthiness).
  2. O conteúdo de alta qualidade é priorizado em relação ao método de criação, de acordo com Atualização de conteúdo útil do Google.
  3. O mecanismo de pesquisa não penaliza especificamente o conteúdo de IA, mas tem como alvo o conteúdo ruim e de baixa qualidade.
  4. O conteúdo gerado automaticamente é considerado spam e vulnerável a penalidades.
  5. O conteúdo deve satisfazer a intenção de pesquisa do usuário e ser focado no público.
  6. O conteúdo duplicado ou redundante enfrenta as penalidades do Google, independentemente de ser escrito por humanos ou gerado por IA.
  7. O Google removeu uma declaração de suas diretrizes que exigia que o conteúdo fosse "escrito por pessoas", indicando uma aceitação do material gerado por IA.

Explorando a influência do conteúdo gerado por IA nas classificações de sites, esta seção explica por que a qualidade triunfa sobre a mera quantidade. Além disso, ela ilustra com estudos de caso que destacam como a manipulação de conteúdo de IA afeta o desempenho da otimização de mecanismos de busca.

O caso da qualidade em vez da quantidade

A qualidade supera a quantidade quando se trata de conteúdo gerado por IA. Os algoritmos do Google recompensam materiais relevantes e de alta qualidade que demonstram conhecimento e satisfazem a intenção de pesquisa do usuário.

Um conteúdo bem elaborado com conhecimento aprofundado, mesmo que não seja tão volumoso, pode superar significativamente uma quantidade maior de material de baixa qualidade em termos de classificações de SEO. O uso de ferramentas de IA pode ajudar a criar esse conteúdo de qualidade e, ao mesmo tempo, manter a eficiência; no entanto, a importância não está apenas em usar essas ferramentas, mas em aproveitá-las habilmente para criar um trabalho excepcional.

Estudos de caso de desempenho de conteúdo de IA

Para entender o impacto no mundo real do conteúdo gerado por IA, vamos nos aprofundar em alguns exemplos concretos.

EmpresaUso de IA na criação de conteúdoResultados
Associated PressA organização de notícias usa IA para gerar relatórios financeiros e esportivos.Eles aumentaram a produção de conteúdo em 12 vezes sem sacrificar a qualidade ou a precisão.
ForbesForbes IA implementada para ajudar a encontrar ideias de conteúdo.A ferramenta de IA melhorou a velocidade e a eficiência da criação de conteúdo, reduzindo o tempo de pesquisa.
Washington PostO Post usa uma tecnologia de IA chamada Heliograf para escrever matérias jornalísticas e publicações em mídias sociais.Isso permitiu que eles cobrissem uma gama maior de notícias e eventos, expandindo sua oferta de conteúdo.
ReutersA Reuters usa e oferece Recursos de redação assistidos por IA.O uso de ferramentas de IA aumentou significativamente a produção de conteúdo, permitindo que a empresa cobrisse mais histórias.

Esses estudos de caso demonstram que o conteúdo de IA pode aumentar efetivamente a velocidade e o volume de geração de conteúdo, mantendo os padrões de alta qualidade.

O Google penaliza o conteúdo de IA?

Nesta seção, vamos analisar se o Google impõe penalidades ao conteúdo gerado por IA, fornecendo insights de vários casos e examinando as possíveis implicações dessas penalidades.

Cenários baseados em exemplos da vida real

Esses são alguns cenários que observamos em primeira mão:

CasoTipo de conteúdo de IAResposta do Google
Caso 1Conteúdo criado inteiramente por IA sem nenhuma intervenção humana.O Google percebeu, por meio de seus algoritmos de PNL, que o conteúdo carecia de compreensão profunda e coerência, o que resultou em uma classificação mais baixa.
Caso 2Conteúdo gerado por IA com edição ou humanização.O Google não penalizou o site porque o conteúdo era de alta qualidade e abordava especificamente a intenção de pesquisa.
Caso 3Uso excessivo de conteúdo gerado por IA não humanizado que não tem exclusividade e qualidade.O Google penalizou severamente o site, levando a uma queda significativa na classificação do site.
Caso 4Uso de IA para inspiração e elaboração de conteúdo.O Google favoreceu essa abordagem, pois ela resultou em conteúdo de alta qualidade e específico para o público-alvo, criado usando a estrutura de edição C.R.A.F.T.

Isso mostra que a resposta do Google ao conteúdo gerado por IA varia muito. O principal fator que determina a reação do Google parece ser a qualidade e a relevância do conteúdo, e não sua origem. Portanto, é aconselhável usar ferramentas de redação de IA e, ao mesmo tempo, garantir que o conteúdo permaneça de alta qualidade e adaptado ao público-alvo.

Possíveis penalidades e suas implicações

As penalidades aplicadas pelo Google ao conteúdo gerado por IA podem afetar gravemente a visibilidade e a classificação de um site. Se o seu site hospedar conteúdo de IA de baixa qualidade, repleto de palavras-chave, enganoso ou que não ofereça valor aos usuários, ele poderá receber uma penalidade.

Essas penalidades podem fazer com que sua página da Web caia nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa (SERPs) ou, pior ainda, seja totalmente desindexada.

As implicações vão além da simples perda de posições no ranking ou de visibilidade on-line. Uma diminuição nas classificações SERP geralmente leva a menos tráfego orgânico para o site, o que pode afetar significativamente as vendas e a receita das empresas que dependem muito de sua presença digital.

Além disso, recuperar a credibilidade e a confiança perdidas de um site penalizado requer esforços substanciais, como melhorar a qualidade e a consistência do conteúdo e, ao mesmo tempo, garantir a adesão às diretrizes rigorosas do Google para a criação de conteúdo valioso voltado para o usuário.

Como usar o conteúdo de IA sem ser penalizado

Explore maneiras estratégicas de usar a IA para inspirar o conteúdo, delinear seus materiais de forma eficaz e adaptá-los de maneira compreensível para o seu público, mantendo-se sempre a par das diretrizes dos mecanismos de pesquisa em constante mudança.

Use um humanizador de texto com IA

Nosso humanizador de texto com IA eleva sua redação para que ela tenha a mesma qualidade do conteúdo de autoria humana. Clicar em "humanizar" elimina qualquer detecção de IA. Garante que seu texto passará pelos detectores de IA sem ser detectado.

Você pode experimentar o Undetectable AI facilmente com o widget abaixo (somente em inglês). Aprimore seu conteúdo com perfeição e garanta que ele atenda aos princípios de E-A-T, mantendo a autenticidade. Experimente agora mesmo!

Detector de IA #1 avaliado pela Forbes

IA para inspiração de conteúdo

Aproveitar a IA para inspiração de conteúdo é uma estratégia inteligente e eficiente usada por muitos profissionais de marketing digital bem-sucedidos. Ela ajuda a identificar tópicos de tendências, interesses do público e palavras-chave relevantes que podem melhorar a qualidade geral do conteúdo.

As ferramentas de IA, como ChatGPT ou Claude2, usam o processamento de linguagem natural para criar artigos originais com base em solicitações dadas, inspirando os escritores com novas perspectivas. Elas analisam dados de várias fontes da Web para fornecer percepções diversas sobre qualquer tópico.

O interessante é que não se trata apenas de texto; a IA também pode gerar sugestões de miniaturas e títulos de vídeos! No entanto, apesar de sua capacidade de automatizar processos, o envolvimento humano continua sendo crucial para garantir a autenticidade do conteúdo gerado pela IA.

Esboço de seu conteúdo

Criar um esboço sólido para o seu conteúdo de IA é tão essencial quanto planejar uma viagem. Ele orienta o processo de redação, guiando-o do ponto A ao B com clareza e propósito. Ao estruturar estrategicamente seus principais conceitos, subtópicos e detalhes em um formato organizado, fica mais fácil manter o foco durante a elaboração do conteúdo real.

Uma estratégia eficaz inclui a identificação de palavras-chave relevantes e a incorporação delas em cada seção, seguindo rigorosamente os padrões de qualidade do Google para a intenção de pesquisa. Usando Software com tecnologia de IA, como OpenAI ou GPT-3 pode ajudar a gerar temas pertinentes em torno dos quais um esboço impactante pode ser elaborado.

O objetivo não é apenas ter um conteúdo rico em palavras-chave, mas também garantir que ele atenda às necessidades de conteúdo focado no público sem comprometer a especialização ou a relevância das consultas dos usuários.

Adaptação do conteúdo ao público-alvo

Criar conteúdo personalizado é um aspecto fundamental para alcançar e envolver seu público. O conteúdo gerado por IA pode ser adaptado para atender às necessidades, aos interesses, ao estilo de linguagem, ao local ou ao perfil demográfico de seu público-alvo específico.

Essa estratégia ajuda a aprimorar a experiência do usuário e a interação com o site. Você pode usar pontos de dados de clientes de várias fontes, como ferramentas analíticas, feedback do clienteinterações nas mídias sociais etc., para ajustar sua estratégia de conteúdo orientada por IA de acordo.

O software certo de otimização de inteligência artificial (AIO) faz maravilhas para essa finalidade, pois permite resultados adaptáveis de acordo com instruções especificadas, alinhando o resultado mais de perto com a intenção de pesquisa dos usuários e satisfazendo os padrões de qualidade do Google para E-A-T (Expertise, Authority, Trust).

Manter-se atualizado com as diretrizes dos mecanismos de pesquisa

Acompanhar a evolução das diretrizes dos mecanismos de pesquisa é fundamental para aproveitar o conteúdo gerado por IA de forma eficaz. O Google lança atualizações regularmente em seus algoritmos, o que pode afetar significativamente o desempenho dos sites nas páginas de resultados de pesquisa.

Os webmasters devem reconhecer essas mudanças imediatamente e adaptar suas estratégias de acordo, o que pode envolver o ajuste da tecnologia de IA usada para gerar conteúdo.

É importante entender a atualização de conteúdo útil do Google, pois ela destaca a importância de criar conteúdo específico para o público, que satisfaça a intenção e também demonstre conhecimento especializado.

Essencialmente, o domínio das regras dos mecanismos de pesquisa mantém uma harmonia entre o avanço tecnológico da inteligência artificial e as demandas das práticas de SEO.

Conteúdo de IA vs. conteúdo gerado automaticamente

O conteúdo de IA e o conteúdo gerado automaticamente são essencialmente a mesma coisa, mas têm seu próprio conjunto de características e funcionalidades.

  • O conteúdo de IA depende de algoritmos sofisticados, como o GPT3 da OpenAI. Esses algoritmos foram treinados em grandes conjuntos de dados para imitar estilos de escrita humana e gerar textos originais.
  • Em comparação, alguns conteúdos gerados automaticamente podem usar uma abordagem programática. Normalmente, ela envolve códigos de script ou programação menos avançados que extraem informações de determinadas fontes ou bancos de dados para produzir texto.
  • Uma distinção importante está nas nuances e na complexidade do uso da linguagem. Sistemas de IA como o GPT-3 podem entender o contexto, o sentimento, o estilo, o tom e até mesmo o humor, o que torna o resultado muito mais parecido com o humano.
  • As ferramentas automáticas geralmente não têm essa profundidade, pois reorganizam principalmente as frases existentes ou substituem palavras usando sinônimos sem entender o contexto ou o significado mais amplo.

O futuro do conteúdo de IA e os algoritmos em evolução do Google

Prepare suas palavras para o futuro com o undetectable.ai

A criação de conteúdo de IA está evoluindo rapidamente à medida que modelos de máquina como o Undetectable AI se tornam mais avançados. Combinada com o texto gerador de IA, nossa ferramenta é capaz de produzir artigos de alta qualidade e contextualmente relevantes que podem imitar estilos de escrita humana de forma tão convincente que até mesmo o Google e outros mecanismos de pesquisa têm dificuldade em distinguir entre eles.

Enquanto isso, o Google não está parado; seus algoritmos continuam a evoluir em uma tentativa de manter a integridade dos resultados de pesquisa. As futuras atualizações provavelmente se concentrarão mais na compreensão das nuances do toque humano no conteúdo e no grau de alinhamento com a intenção do usuário, em vez de quem ou o que o escreveu.

Portanto, os profissionais devem se manter atualizados não apenas com os avanços da tecnologia gerada por IA, mas também com as mudanças nas diretrizes dos mecanismos de pesquisa para garantir que seu conteúdo permaneça visível e viável.

Conclusão

Então, o Google penaliza o conteúdo de IA? Sim. O Google se concentra no conteúdo que considera não gerado automaticamente. Ele afirma não penalizar o conteúdo gerado por IA; em vez disso, penaliza textos mal elaborados. Mas foi demonstrado que o conteúdo de IA é penalizado.

Portanto, a utilização das táticas corretas para refinar e otimizar o conteúdo de IA pode levar a uma estratégia poderosa de SEO ou de marketing de conteúdo.

Penalidades de conteúdo de IA: Perguntas frequentes

O Google penaliza o conteúdo gerado por IA?
Quais são os principais fatores que influenciam a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) para conteúdo de IA?

Os parâmetros E-E-A-T (conteúdo de IA produzido eticamente e de alta qualidade), os sinais de comportamento do usuário, os recursos de pesquisa por voz e a adesão às diretrizes para webmasters do Google determinam significativamente sua classificação de SEO.

Como posso evitar penalidades de conteúdo ao usar ferramentas de escrita automática como o ChatGPT?

Evitar verificadores de plágio e garantir que os resultados de IA não contribuam para a classificação de spam pode ser alcançado por meio de procedimentos adequados de revisão, edição e otimização, além do uso de um removedor de detecção de IA como o Undetectable AI.

O conteúdo conversacional com IA pode melhorar a interação e o envolvimento do usuário?

Com certeza! O estilo de conversação do texto gerado, especialmente em chatbots, pode aumentar as interações do usuário; elementos que geram confiança, como histórias pessoais, também melhoram o feedback geral do sentimento.

Existe uma maneira de evitar a detecção dos detectores de Ai e, ao mesmo tempo, melhorar a autoridade do meu site?

Para evitar a detecção, use undetectable.ai. Use estratégias como backlink building, SEO técnico e produção de conteúdo verificado por fatos para ter mais chances de aumentar a autoridade e a classificação.

IA indetectável (TM)