Como contornar a deteção de IA do GPTZero [2024]

Os recentes avanços na inteligência artificial (IA) levaram ao desenvolvimento de ferramentas como o ChatGPT que podem gerar conteúdos de texto altamente realistas. Isto levou à necessidade de mecanismos de deteção de IA eficazes para discernir o conteúdo gerado por máquinas do texto escrito por humanos. 

Um detetor de IA popular é o GPTzero. Mas até que ponto é realmente eficaz? 

O GPTZero detecta com precisão o conteúdo gerado por IA? Hoje, vamos mergulhar profundamente numa experiência que testa a capacidade da IA para superar o GPTZero, oferecendo informações sobre a precisão e a fiabilidade dos mecanismos de deteção de IA.

De acordo com os nossos testes, o GPTzero não conseguiu manter a precisão quando a IA indetetável foi utilizada.

Se preferires ver a demonstração do nosso teste, vê o vídeo abaixo:

Contornar o processo GPTZero

Contornar a deteção de IA do GPTZero

Passo Descrição Resultado
1. Gerar conteúdos de IA Utiliza o ChatGPT para criar uma mensagem de correio eletrónico a solicitar capacidades melhoradas de deteção de IA. Gera conteúdos com características de IA.
2. Teste de deteção inicial Passa o conteúdo gerado por uma ferramenta de deteção de IA indetetável. Conteúdo assinalado como gerado por IA.
3. Veredicto do GPTZero Submete o conteúdo ao GPTZero para avaliação. O GPTZero detecta uma probabilidade de 96% de geração de IA.
4. Humanizar o conteúdo da IA Modifica o conteúdo utilizando Undetectable.ai para parecer mais humano. O conteúdo soa natural e menos parecido com uma máquina.
5. Reavaliação pela GPTZero Submete novamente o conteúdo humanizado ao GPTZero. A probabilidade de geração de IA cai para 12%, classificada como escrita por humanos.
6. Replicar o teste Repete o teste com conteúdos diferentes gerados por IA. Após a humanização, a confiança de deteção do GPTZero desce para 7%, confundindo conteúdo de IA com trabalho humano.

O núcleo da nossa experiência gira em torno de um teste simples mas revelador: Consegues conteúdo de IA indetetável Podes passar pelo escrutínio do GPTZero? Alerta de spoiler: pode mesmo.

Aqui tens a descrição visual detalhada, passo a passo, do processo que seguimos:

1. Gerar conteúdo de IA utilizando o ChatGPT

Começámos por pedir a ChatGPT para criar uma mensagem de correio eletrónico a pedir capacidades melhoradas de deteção de IA. Este passo inicial forneceu-nos um documento de base, inerentemente carimbado com as marcas sintácticas e estilísticas da IA.

Captura de ecrã do ChatGPT

2. Teste de deteção inicial

O conteúdo gerado foi primeiro analisado por Detetor de IA indetetável para verificar se poderia ser assinalado como gerado por IA. Como esperado, o conteúdo do ChatGPT foi detectado como tal.

Captura de ecrã do Undetectable.ai (detetor de IA)

3. Veredicto do GPTZero

Em seguida, submetemos o mesmo conteúdo ao GPTZero, que apresentou um veredito: uma probabilidade de 96% de ser gerado por IA. Isto confirmou a eficácia do GPTZero na identificação de conteúdo criado por IA - pelo menos inicialmente.

Resultados do GPTzero. Captura de ecrã

4. Humanizar o conteúdo da IA

Em seguida, utilizámos a ferramenta Undetectable.ai para humanizar o conteúdo, ajustando-o para soar mais natural e menos parecido com uma máquina. 

Este passo é importante, uma vez que não envolve apenas reformulação ou edição, mas uma revisão abrangente para imitar os padrões de escrita humana.

Captura de ecrã do humanizador Undetectable.ai

5. Reavaliação pela GPTZero

Após a humanização, a avaliação do GPTZero mudou drasticamente. A probabilidade de o conteúdo ser gerado por IA caiu para 12%, classificando-o efetivamente como escrito por humanos. 

Resultados do bypass do GPTzero

O Undetectable.ai demonstrou a capacidade de contornar o detetor de IA GPTzero. Isto mostra que, embora o GPTzero seja por vezes preciso, não é o detetor de IA mais preciso disponível.

6. Replicar o teste

Para garantir que os nossos resultados não eram um acaso, repetimos o teste com um conjunto diferente de conteúdos gerados por IA: um ensaio sobre a ética da IA. 

Captura de ecrã do ensaio ChatGPT

A deteção inicial pelo GPTZero indicou uma probabilidade de 82% de autoria de IA. 

Como contornar a deteção de IA do GPTZero [2024] Como contornar o GPTzero

No entanto, depois de utilizares o Processo de humanização do Undetectable.aiA confiança de deteção do GPTZero caiu significativamente, mais uma vez confundindo conteúdo de IA com trabalho humano.

Como podes ver, o GPTzero marcou o conteúdo do Undetectable AI como sendo maioritariamente humano e apenas o 6% gerado por IA:

Undetectable.ai a contornar o GPTzero (captura de ecrã)

A mecânica por detrás da "humanização" do conteúdo da IA

O Humanização da IA não é apenas uma edição superficial. Envolve uma análise abrangente e a modificação do conteúdo para evitar os algoritmos de deteção de IA. 

Este processo é aperfeiçoado através de testes com modelos de deteção existentes, garantindo que o resultado imita com sucesso os estilos de escrita humana.

A variabilidade no tempo de processamento, que vai de alguns segundos a cerca de dez segundos, reflecte a complexidade e a profundidade da análise necessária para transformar o conteúdo gerado pela IA em algo indistinguível do trabalho humano.

Estás pronto para sentir a diferença? Experimenta o widget Undetectable AI abaixo de forma rápida e fácil (apenas em inglês). Basta introduzir o teu texto e ver como pode transformar a tua escrita!

Classificado como Detetor de IA #1 pela Forbes

Implicações e considerações éticas

Esta experiência levanta várias questões importantes sobre a eficácia das ferramentas de deteção de IA como o GPTZero. 

Se o conteúdo gerado por IA pode ser facilmente modificado para contornar a deteção, o que é que isto significa para o futuro da deteção de IA, ou mesmo para a sua existência atual? 

Conclui: Um jogo de gato e rato

  • A nossa investigação sobre como contornar a deteção de IA do GPTZero revela um jogo dinâmico e contínuo de gato e rato entre os criadores de conteúdos de IA e as ferramentas de deteção de IA. 
  • Embora ferramentas como a GPTZero estejam a tornar-se cada vez mais sofisticadas na identificação de conteúdos gerados por IA, a capacidade de "humanizar" os conteúdos de IA realça uma lacuna significativa nos actuais mecanismos de deteção. 
  • À medida que a IA continua a evoluir, o mesmo acontece com as estratégias de deteção e evasão, sublinhando a necessidade de inovação contínua nas tecnologias de deteção de IA.
Um homem e um robot de IA.

Em essência, a questão da precisão do GPTZero é complexa. Embora demonstre um elevado grau de proficiência na deteção de alguns tipos de conteúdo gerado por IA, a nossa experiência mostra que, com as modificações correctas, o conteúdo de IA pode ainda escapar e ser verdadeiramente indetetável. 

Prós e contras do GPTzero

Prós:

  • 👍 às vezes funciona
  • Gratuito para algumas detecções

Contras:

  • Não há deteção fiável
  • Custa dinheiro para usar depois de alguns exames
  • Pode ser facilmente contornado usando Undetectable.ai

FAQ: Como contornar a deteção de IA do GPTZero

QuestãoResposta
O que é o GPTZero?O GPTZero é uma ferramenta de deteção de IA concebida para distinguir conteúdos gerados por máquinas de textos escritos por humanos.
Qual é a eficácia do GPTZero?Embora o GPTZero possa, por vezes, detetar com precisão conteúdos gerados por IA, tem demonstrado dificuldades com conteúdos modificados por ferramentas como a Undetectable AI.
Os conteúdos de IA podem contornar a deteção do GPTZero?Sim, o conteúdo da IA, especialmente quando humanizado por ferramentas como a Undetectable AI, pode contornar a deteção do GPTZero, como demonstrado durante o nosso teste.
O que é que implica "humanizar" o conteúdo da IA?A "humanização" envolve uma análise abrangente e a modificação do conteúdo gerado pela IA para soar mais natural e imitar os padrões de escrita humana, tornando-o indetetável por ferramentas de deteção de IA como o GPTZero.
Quais são as implicações desta experiência?Esta experiência levanta questões sobre a eficácia atual e futura das ferramentas de deteção de IA e realça o jogo do gato e do rato em curso entre os criadores de conteúdos de IA e as tecnologias de deteção de IA.
O GPTZero é o detetor de IA mais preciso que existe?As nossas descobertas sugerem que o GPTZero não é o detetor de IA mais preciso disponível, uma vez que não conseguiu manter a precisão em relação ao conteúdo modificado pela IA indetetável.
O que é que a experiência conclui sobre a deteção de IA?A experiência conclui que, embora as ferramentas de deteção de IA estejam a evoluir, a capacidade de modificar o conteúdo da IA para contornar essas ferramentas constitui um desafio significativo, sublinhando a necessidade de inovação contínua nas tecnologias de deteção de IA.
Tabela de FAQ do GPTzero
IA indetetável (TM)